Politica
11/11/2021 13:52

A secretária da Fazenda de Gramado, Sônia Molon,  se posicionou sobre o projeto de lei enviado para a Câmara Municipal, que pretende instituir a cobrança de veículos que ingressarem na cidade. Saiba mais aqui.

Sônia Molon disse que o projeto foi elaborado, com o intuito de susbstituir a Taxa de Turismo que existe atualmente. "Cabe ressaltar que existe um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público, pois atualmente existe a Taxa de Turismo, que no ponto de vista do MP é inconstitucional. Foi o projeto viável construído em conjunto com o MP", pontuou.

Segundo a secretária, a Prefeitura vai fiscalizar a entrada dos veículos na cidade e sua cobrança, através do sistema de câmeras já instaladas na cidade. "Após captadas as imagens das placas, um sistema, através de um software, fará o reconhecimento e estarão disponíveis vários totens para o pagamento, como já ocorre em Bombinhas e Fernando de Noronha", explicou.

Sobre o projeto isentar de taxa os veículos pertencentes às locadoras, Sônia afirmou que a atitude esperada é que as locadoras emplaquem seus automóveis em Gramado, gerando renda que será revertida para a o população através do recolhimento do IPVA.

"Além do mais, os moradores de Gramado, Canela e que eventualmente necessitem se deslocar não serão prejudicados, muito pelo contrário, teremos ainda mais segurança, pois poderemos inclusive identificar veículos suspeitos, roubados ou mesmo clonados. Além de gerar recursos que serão investidos no Meio Ambiente, teremos uma nova ferramente de segurança. Uma vez que é imenso o tráfego de carros alugados em Gramado", finalizou a secretária.