Politica
04/06/2024 15:19

O prefeito Nestor Tissot, acompanhado pelo secretário de Governança, Germano Junges, cumpriu agenda na capital gaúcha na segunda-feira (3), onde participou de uma série de reuniões para tratar sobre algumas demandas de Gramado em consequência do evento climático que atingiu o Rio Grande do Sul. 


Os encontros foram com o secretário Estadual de Logística e Transporte, Juvir Costella, com o diretor presidente do Daer – Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem, Luciano Faustino e com o diretor presidente da EGR – Empresa Gaúcha de Rodovias, Luiz Fernando Pereira Vanacor. Na pauta estavam obras de infraestrutura urbana, recuperação de estradas e vias do município. 


Na ocasião, o chefe do Executivo gramadense solicitou celeridade na recuperação e recapeamento da RS-373, no trecho entre os bairros Belvedere e São Luiz, até a rótula com a RS-115. “Necessitamos de uma intervenção urgente neste percurso, pois o asfalto está deteriorado”, apontou Tissot, que aproveitou a oportunidade para encaminhar outros projetos visando a repavimentação asfáltica de ruas internas de Gramado que foram danificadas pelas chuvas. 


Nesta terça-feira (4) o prefeito Nestor Tissot e o secretário de Obras, William Rodrigo Camilo, acompanhados por engenheiros do Daer, estiveram na RS-373 para avaliar os pontos que necessitam receber melhorias.


OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCOSTAS

Em relação aos deslizamentos de encostas nas margens da RS-235, entre Canela e Gramado, o prefeito Nestor Tissot cobrou uma ‘solução imediata’ no trecho próximo ao Parque Knorr e recebeu a informação de que o Governo do Estado já trabalha na elaboração de estudos que envolvem o trecho entre o Posto Sapatus e a Concessionária da Fiat. 


Também foram entregues projetos para recuperação de encostas do bairro Piratini e das ruas Gil e Emílio Leobet. “São obras que exigirão grandes investimentos, com a execução de contenção em concreto armado ou muros de gabião. Estamos em busca destes recursos para iniciar os trabalhos o mais rápido possível”, afirma Nestor Tissot.