Politica
21/05/2020 13:08

A 3ª Vara Federal de Caxias do Sul condenou o prefeito de Canela, Constantino Orsolin, no processo do tornado, por crime de improbidade administrativa. A sentença do processo, que possui 147 folhas, foi publicada nesta quarta-feira, dia 20, e condena o prefeito Constantino a devolver a quantia de R$ 5.184.880,23 mais a perda dos direitos políticos por cinco anos. A condenação é da primeira instância do judiciário federal, cabendo recurso ao TRF – 4ª Região - Porto Alegre.

Apesar da condenação da perda dos direitos políticos, Constantino continua apto para disputar a eleição, pois deve recorrer da sentença. Além do prefeito de Canela, também são réus no mesmo processo, Vera Rosane Goncalves Madeira, Sandro Cazzanelli, Paulo Vanderlon Campello Echeverri, Monterry Montagem e Stands Ltda ME, Luiz Alberto Gonzalez Ribas, Everson Montenegro Rossi, Cassio de Abreu, Wagner Adilson Koch eAlcyr Francisco Stacke, 

O documento com a sentença do Juiz federal, Fernando Tonding Etges, pode ser encontrado no site da Justiça Federal, processo: 5013833-84.2011.4.04.7107. O documento na íntegra pode ser acessado aqui.

Constantino havia sido absolvido em outro processo sobre peculato público.