Politica
19/05/2020 14:09

A vereadora Manu da Costa (Republicanos) reiterou ontem, durante sessão da Câmara de Gramado, a necessidade de o município estar na faixa amarela, de baixo risco, no mapeamento feito pelo governo do Estado de acordo com os riscos de contágio do Covid-19.

O pedido já havia sido feito pelo seu partido aos deputados estaduais Republicanos e ao governador Eduardo Leite. “Estamos na mesma faixa que Passo Fundo, que tem 220 casos confirmados de Covid-19 e mais de 22 mortes. Nós só tivemos cinco. Não estamos fazendo guerra entre a vida e a economia. Existem vários critérios que determinam as cores das faixas. Para nós só foi levado em conta o turismo e nossa capacidade de atendimento hospitalar. Mas tivemos incremento nos equipamentos hospitalar e temos tido todo cuidado em relação aos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Além disso, não estamos usando nem 10% da nossa capacidade de atendimento no hospital. Então qualquer agravamento dos casos vai nos colocar na zona vermelha e isso significa novo fechamento total da economia, o que será muito ruim para todos”, ponderou Manu.

Ela acrescentou que o que tem que ser feito é o uso correto dos equipamentos de segurança por todos e a fiscalização da Prefeitura precisa funcionar todos os dias, 24 horas. “Os canais para denúncia precisam funcionar todos os dias. As coisas precisam estar em sincronia. Se uma pessoa sente os sintomas da doença tem que poder ter para onde ligar. Hoje os canais do Executivo só funcionam nos dias de semana. Não pode ser assim”, frisou Manu.

A vereadora encaminhou pedido de providências à Prefeitura de Gramado para que o disque denúncia, onde o cidadão poderá denunciar possíveis descumprimentos de Decretos, e o disque informações, sobre os sintomas do coronavírus, sejam efetivos e funcionem também nos fins de semana.

e o outro é o disque informações sobre sintomas do Coronavírus, uma vez que o primeiro atendimento ainda não foi efetivado e o segundo só funciona de segunda a sexta-feira, não atendendo aos finais de semana. 

Totens de álcool gel

A vereadora Manu também pediu que a Prefeitura faça um estudo de viabilidade para que sejam disponibilizados totens, com álcool gel, em pontos estratégicos e de grande circulação no Município. “O pedido justifica-se pelo período de pandemia que estamos passando, por esta ser uma ação já comum em outras cidades do território brasileiro e para que possamos continuar sendo uma cidade sem números confirmados de doentes e, ao mesmo tempo, para que possamos atender moradores e turistas de forma mais segura”, enfatizou Manu.