Politica
03/05/2021 16:29

A Câmara Municipal de Gramado recebeu nesta segunda-feira, dia 03, uma proposta do Pastor Márcio Vasconcelos Senna e do farmacêutico, Rafael Lessing Ortiz, para implantação da Farmácia Solidária.


O objetivo é implementar o projeto em
Gramado, a exemplo do que já acontece em municípios como Farroupilha. Em conversa com o presidente do Legislativo, Professor Daniel (PT), os voluntários reforçaram a necessidade de apoio da Câmara de Gramado. O grupo ainda deverá se reunir com o Executivo para apresentar a ideia.


A Farmácia Solidária tem como objetivos contribuir para o tratamento de saúde de pessoas carentes, reduzir o desperdício de medicamentos, diminuir o descarte incorreto no meio ambiente, evitar a automedicação e as intoxicações.


Em Farroupilha, o projeto foi lançado em 2015. Para ajudar, basta entregar os remédios nos pontos de coleta espalhados pelas Unidades Básicas de Saúde, sede da Prefeitura, CEAC, Câmara de Vereadores, sindicatos, e algumas empresas do município. 


Podem ser doados qualquer tipo de medicação, inclusive fora das caixas. Todo material passará por triagem que avaliará também lotes e condições dos comprimidos. Atualmente o estoque está abastecido com antibióticos, anti-inflamatórios, anticoncepcionais, linha injetável, leites especiais, poli vitamínicos, anti-hipertensivos, remédios de controle especial, colírios, entre outros.


Para ser beneficiado é preciso apresentar receita médica do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência ou apresentar receita médica particular, comprovante de renda pessoal de até um salário mínimo e meio.