Policia
08/10/2021 08:00

A Polícia Civil localizou em Gramado, nesta quarta-feira,  dia 07, um turista, de 21 anos, identificado por Diogo Alan de Araújo Moura. Ele é universitário e oriundo de Águas Claras, no Distrito Federal.

O jovem havia ingerido grande quantidade de medicamentos em um quarto de hotel, com objetivo de cometer suicídio. Ele estava desacordado, mas com sinais vitais.

Diante disso, foi acionado o Corpo de Bombeiros, que o levou ao hospital. Segundo informações obtidas, o homem não corre risco de morte.

Na ocasião, familiares da vítima fizeram contato com a Delegacia de Polícia de Gramado, noticiando que a vítima havia se despedido por redes sociais, indicando que cometeria suicídio, sendo que depois disso não fez mais contato, nem respondeu aos chamados dos familiares. Rapidamente, por meio de diligências, a Delegacia de Polícia de Gramado obteve a identificação do hotel onde o jovem estava hospedado e uma equipe compareceu ao local, entrando no quarto e o localizando.

A rápida intervenção e localização por parte da Polícia Civil de Gramado foi fundamental para salvar a vida do jovem, contando com a presteza dos Bombeiros e troca de informações com a Polícia Civil do DF.

Diogo Alan disse nas redes sociais que, em uma crise de ansiedade, comprou uma passagem para Porto Alegre (RS) e, de lá, alugou um carro e dirigiu até Gramado. 

A família de Diogo disse que ele saiu de casa às 16h de quarta e não deu mais notícias. Desde então, passaram a divulgar a foto do jovem em grupos de WhatsApp e nas redes sociais, em busca de notícias sobre o paradeiro do universitário. Pouco depois das 17h desta quinta, Fábio Ferreira Moura, 52 anos, pai do jovem, recebeu a ligação da polícia informando onde o filho estava. Diogo sofre de depressão e chegou a deixar uma mensagem de despedida para a mãe.