Policia
06/02/2020 09:46

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Gramado, prendeu hoje, dia 6, três suspeitos de envolvimento no roubo a uma ótica/joalheria, fato ocorrido no dia 31 de janeiro deste ano, no centro da cidade. 

“As prisões ocorreram nas residências dos suspeitos, no centro de Gramado e na Vila Dante, em Canela. A partir das investigações realizadas por este Órgão, restou apurado que o suspeito preso em Canela ingressou no estabelecimento primeiro, simulando interesse em joias, que lhe foram mostradas pela atendente. Logo depois, os outros dois suspeitos, um deles portando uma pistola, ingressaram na ótica/joalheria, anunciaram o assalto, rendendo a funcionária e o próprio comparsa, simulando também ser vítima”, contou o delegado de Gramado, Gustavo Barcellos.

Segundo ele, ambos foram levados até uma peça e mantidos custodiados pelo assaltante armado, enquanto o outro criminoso recolhia as joias do balcão. 

“Também restou apurado que na ação foi usado um veículo HB20, branco, cujas placas teriam sido adulteradas. Agora, seguem as investigações no sentido de localizar e apreender as joias, bem como o veículo e a arma usada no crime. Os suspeitos foram interrogados e assumiram a autoria, embora as versões apresentadas tenham contradições entre si”, disse Barcellos.

Ressalta-se o trabalho de investigação qualificada, bem como  as diligencias iniciais realizadas pela Polícia Civil e BM,  que resultaram no rápido esclarecimento do fato.

Também se destaca a rápida análise e deferimento das medidas pelo Ministério Público e Poder Judiciário, o que possibilitou fossem os suspeitos presos nesta data, havendo evidências de que o homem preso em Canela deixaria a cidade amanhã, com destino a Porto Alegre. Após os trâmites legais, o trio será recolhido ao sistema prisional.