Policia
08/06/2021 21:58

Nesta semana a Polícia Civil prendeu dois líderes de facções rivais por articularem ações criminosas violentas em Gramado.

Um dos homens presos é apontado como gerente de uma organização criminosa com base do Vale dos Sinos e foi identificado nas investigações que apuram a morte de um jovem em Gramado, crime ocorrido no Bairro Carazal, no dia 16 de maio deste ano. O suspeito já se encontra recolhido ao sistema prisional, tendo participado da articulação do crime, especialmente do levantamento do local da ação criminosa, comandando as ações do casal que realizou a atividade e repassando os dados recebidos aos executores do homicídio, o que subsidiu o plano traçado e definiu a logística da empreitada criminosa. O casal comandado pelo detento já se encontra preso preventivamente. Seguem as investigações no sentido de identificar os demais envolvidos na ação criminosa, especialmente os executores do crime.

O outro homem preso preventivamente, que figura como liderança de facção com base no Bairro Bom Jesus, em Porto Alegre, foi identificado como mentor e articulador do assalto, com emprego de arma, ocorrido no dia 20 de abril deste ano em uma loja de celulares e acessórios, no centro de Gramado. 

Da mesma forma, emcontra-se preso e foi responsável por trazer  os executores do roubo para Gramado e organizar toda a logística da ação criminosa, bem como organizar a fuga mal-sucedida dos criminosos, que acabaram presos pela Polícia Civil.

O Delegado Gustavo Celiberto Barcellos, titular da DP Gramado, ressaltou o empenho, dedicação e eficiência dos agentes policiais durante as investigações, com análise detalhada de dados e evidências, chegando aos articuladores de dois crimes graves ocorridos em Gramado, resultando em nova prisão de criminosos perigosos e influentes, o que acautela o meio social, fazendo com que permaneçam mais tempos segregados.