Geral
26/03/2020 14:15

A infraestrutura do Hotel Sesc Gramado foi colocada à disposição das autoridades municipais para acolhimento de pessoas possivelmente infectadas pelo coronavírus. A instituição disponibilizou quartos como leitos de quarentena, em caso de uma necessidade emergencial.

A intenção do Sesc é oportunizar um efetivo isolamento da pessoa que está em observação e que não seria possível manter-se isolada dentro do seu próprio lar, na companhia dos familiares, sem que estes também sejam expostos ao risco de contágio. Os leitos estão disponíveis aos órgãos municipais de saúde, como hospital e Secretaria Municipal de Saúde.

Para o diretor administrativo do Hospital Arcanjo São Miguel, Márcio Slaviero, atualmente o hotel ficará "como uma retaguarda de pacientes que precisam de isolamento domiciliar recomendado pela equipe da Vigilância Epidemiológica de Gramado e que não possuem local para fazer esta quarentena. O isolamento social/domiciliar é para pacientes que eventualmente podem ter tido contato com risco de contágio.

Alguns não podem voltar ao seu domicílio uma vez que possuem pessoas da própria família dentro das faixas de risco maior para contaminação do Covid-19. Então se faz necessário um local de acolhimento onde estas pessoas possam permanecer ao longo de 14 dias".

Márcio acrescenta que "a Vigilância e o hospital darão toda a retaguarda aos pacientes durante o período em que estiverem em isolamento. A definição de quem permanecerá neste local passa por uma decisão da Vigilância Epidemiológica de Gramado. O município e o hospital agradecem ao Sesc por disponibilizar seu hotel para o enfrentamento do Covid-19".

O anúncio desta parceria foi feita pelo diretor do hotel, Gabriel Schüller, ao diretor Márcio Slaviero e Sérgio Spannenberger, da Vigilância Sanitária.