Geral
24/03/2020 19:05

O Hospital Arcanjo São Miguel abriu nesta terça-feira, dia 24, uma unidade de triagem de doenças respiratórias ao lado da emergência. O espaço, que era um antigo depósito, começou a ser construído e montado na última quinta-feira (19) e ficou pronto nesta terça-feira. A triagem foi montada para auxiliar no recebimento de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19).

O ato de apresentação da ala contou com o prefeito municipal, Fedoca Bertolucci, o secretário municipal da Saúde, João Teixeira, o diretor do HASM, Marcio Slaviero, e de parte da equipe de profissionais do hospital. Conforme o prefeito de Gramado, a criação desse espaço é essencial para a comunidade se sentir mais segura. "A área de triagem veio num momento muito importante, numa velocidade de primeiro mundo e sem perder a qualidade", comenta. O investimento feito nas obras foi de, aproximadamente, R$ 160 mil reais.

O início dos atendimentos acontecerá a partir das 8h desta quarta-feira, dia 25, e será por tempo indeterminado. O local possuirá equipe própria trabalhando neste espaço. Um dos objetivos para a criação é poder distinguir os pacientes e profissionais de outros setores. No momento, para poder começar a utilizar o espaço, poltronas que já pertenciam ao Hospital foram colocadas. Até o fim dessa semana deverão chegar as novas.

Ao chegar na emergência, o paciente receberá um pré-atendimento. Possuindo sintomas gripais e/ou respiratórios, ele será direcionado à nova ala. Lá, ele passará por uma triagem, e após por uma consulta médica, a qual definirá se a pessoa pode ir para casa ou deve ficar em observação. Caso seja preciso internação, o hospital possui área com isolamento e UTI adulto. Atualmente o HASM possui 31 equipamentos ventilatórios e tem capacidade para maximizar todas as áreas.

O diretor do HASM, Marcio Slaviero, reitera para que a comunidade apenas se desloque à emergência em casos graves e urgentes. "Caso a pessoa possua dúvidas, orientamos que ligue para os números da Secretaria Municipal da Saúde. Se tiver sintomas leves, recomendamos que procure as unidades básicas de saúde. Deixem o Hospital apenas para casos com urgência", afirma.

A triagem permite até 10 pacientes ambulatoriais em observação, podendo ser ampliado conforme a necessidade. "Já a parte de atendimento terá condições de suprir toda a demanda, pois muitos casos possuem sintomas de gripe comum. Assim sendo, será liberado, não precisando ficar na observação", relata o diretor Marcio Slaviero.

Telefones para dúvidas

A população pode ligar para os números: (54) 3295-7135(54) 3295-7137 e (54) 3295-7138. O atendimento ocorre das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira.