Geral
16/07/2021 12:13

O projeto social Depressão Tem Cura (DTC) fará uma mobilização nacional neste sábado, dia 17 de
julho, com o intuito de promover a valorização da vida. Milhares de voluntários
estarão disponíveis, em espaços abertos e públicos, para ouvir e ajudar pessoas que, neste
momento, enfrentam dificuldades emocionais. Em Gramado o evento irá acontecer em alguns pontos da cidade. Maiores informações podem ser adquiridas pelo número (54) 98111-4619.

Durante a pandemia de Covid-19, a necessidade de isolamento e distanciamento social, a
reclusão em espaços nem sempre harmoniosos, o desemprego, a instabilidade financeira e
as próprias consequências mais imediatas da doença, como sequelas físicas, mentais e
óbitos, permearam gatilhos para o aumento dos casos de depressão, síndrome do pânico e
ansiedade.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), entre os países americanos, o Brasil é
aquele que apresenta o maior número de pessoas acometidas por transtornos de ansiedade
e o segundo em casos de depressão. No mundo todo o índice de suicídios vêm aumentando,
principalmente entre os jovens. Em nosso país, a autodestruição já se apresenta como uma
das principais causas de morte.

No mês passado, circulou na mídia o caso de uma jovem de aproximadamente 30 anos que
ateou fogo no próprio corpo com o objetivo de suicidar-se. O motivo dessa decisão foi um
problema em seu relacionamento amoroso. A sua própria vida foi desvalorizada em virtude
de não receber o perdão de outra pessoa, seu marido.

No dia 17 de julho, a mobilização “Valorize sua vida” tem como foco justamente promover a
compreensão de que os problemas, sejam de qualquer ordem e em qualquer gravidade,
podem ser enfrentados e superados. As situações difíceis não devem ser mais importantes
que a própria vida, nosso bem mais precioso.
“Esse grupo tem realizado um trabalho intenso em todo o Brasil, e levado apoio emocional e
espiritual às pessoas que sofrem com o mal do século”, Jefferson Garcia, responsável pelo
projeto no país.

O projeto Depressão Tem Cura iniciou suas ações de enfrentamento à depressão, à
ansiedade e outras dificuldades emocionais em 2018. No ano de 2020, 144.685 brasileiros
receberam apoio emocional e espiritual do grupo. Além das mensagens de fé e esperança
espalhadas continuamente pelos voluntários, são realizados atendimentos individuais e
visitas. Há ainda canais de comunicação em diversas redes sociais, como o
@a.depressaotemcura.