Cultura
19/07/2019 15:51

Desfile pelo tapete vermelho, traje de gala, fotos, entrevistas e muito glamour. Assim foi a pré-estreia do documentário “Expedição 21 – uma jornada pela independência”, na tarde desta quinta-feira, dia 18, no Palácio dos Festivais, em Gramado.

O documentário mostra os bastidores da primeira imersão de pessoas com Síndrome de Down da América Latina, criado para estimular a independência das pessoas com deficiência.

Todos os espaços disponíveis no cinema de Gramado foram ocupados por um público que fez questão de prestigiar o lançamento e conhecer um pouco mais sobre as conquistas dos participantes após a experiência, e como eles conseguiram quebrar seus próprios limites para se reconhecerem como adultos.

O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) e a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr (PSL), estiveram presentes no evento. Momentos antes da exibição do documentário, o público pode assistir a um vídeo enviado pela primeira-dama do País, Michelle Bolsonaro, falando sobre a importância do tema abordado no documentário.

EXPERIÊNCIA

Idealizada pelo Educador Social Alex Duarte (também premiado como diretor de cinema pelo filme “Cromossomo 21”), a produção que tem 70 minutos de duração, mostra o resultado de 18 adultos com Síndrome de Down, que ficaram em uma casa, sem a presença dos pais, tendo que realizar atividades com objetivo de despertar a liderança e autoestima dos participantes, com oficinas e métodos embasados no empoderamento, estruturação psíquica e comportamento social.

Os resultados da experiência serão transformados em uma pesquisa de cunho científico, organizado pelo neurocientista Fernando Pinto Gomes, e um grupo de pesquisadores de São Paulo.

A produção contou com a participação de especialistas da área da Saúde e Educação do País como o médico geneticista Zan Mustachi, o neurocientista e neurocirurgião Fernando Pinto Gomes, a doutora em Educação e pesquisadora Carina Streda e a médica e pesquisadora do Hospital Albert Einstein, Ana Cláudia Brandão.