Politica
08/02/2019 17:29

O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) compareceu à primeira reunião ordinária de 2019 do Conselho do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (C-PDDI) na terça-feira, 5, no auditório da Prefeitura.

Ao recordar seu posicionamento em relação ao volume de construções na cidade, Bertolucci exibiu um reportagem do Jornal Pioneiro, de agosto de 1989, em que, como prefeito em execício, no segundo governo de Nelson Dinnebier (1989-1992), defendia edificações limitadas a dois andares em Gramado.

Hoje, segundo ele, é possível elogiar prédios maiores, que comunguem com a natureza, proporcionalmente aos espaços previstos em lei que dispõem.

“Não temos preconceito nenhum à obra qualquer, nem desejamos desgostar o empreendedor, tirar do gramadense sua possibilidade de empreender. Queremos, isto sim, acabar com o vilipêndio estético, a desordem arquitetônica, para Gramado não se tornar uma cidade comum”, disse o prefeito.

O C-PDDI funciona como instância consultiva e de assessoramento do Executivo, em questões relacionadas à Lei do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado, e é presidido pelo engenheiro José Carlos Silveira.