Cultura
07/03/2019 20:32

O Gramado Fantasia 2019 manteve o conceito traçado desde 2017 de resgatar a tradição familiar do evento. Os bailes de sexta (1°) e domingo (3) tiveram média de público de mil pessoas e a receita da folia será revertida para o Fundo Municipal de Cultura. 


Conforme o secretário de Cultura, Allan John Lino, o evento vai repassar R$ 20 mil para o fundo. “Ao longo de três anos, o Carnaval trouxe aproximadamente R$ 100 mil para o Fundo de Cultura. Estamos felizes em fazer com que um evento que era deficitário passe a gerar receita para políticas culturais”, afirma Allan.


O secretário observa que a Secretaria de Cultura vai sugerir que verba do Carnaval 2019 seja revertida para a invernada mirim do CTG Manotaço.

Para ele, a participação dos blocos foi fundamental para o sucesso da festa.


“Gostaria de agradecer aos blocos 100 Juízo, Rebloco e Velhinhos, que entenderam a nova proposta para nosso Carnaval. Tivemos dois bailes sem transtornos em que muitas famílias estavam presentes. Um Carnaval familiar é o que a gente busca”, frisa Allan. 


Outro ponto positivo citado pelo secretário foi a apresentação da Escola de Samba Império do Sol, de São Leopoldo, na noite de sexta-feira (1°). “Foi um dos auges da nossa festa. A escola resgatou uma identidade tradicional do Carnaval”, destaca. 


Além do resgate do evento em si, Allan também comemora a excelente movimentação turística registrada em Gramado durante o feriadão de Carnaval. Segundo estimativa do SindTur Serra Gaúcha, a taxa de ocupação na rede hoteleira alcançou 86,5%.


O evento contou com cobertura televisiva estadual do SBT. “A Secretaria da Cultura fica muito feliz com o sucesso que foi esse evento”, conclui.


O diretor da Blue Show, Alexandre Rangel, destaca a união dos blocos, a participação da escola de samba, o trio elétrico, a distribuição de abadás aos foliões e a cobertura do SBT como principais fatores para a retomada do crescimento do Gramado Fantasia.


“Trabalhamos muito para a retomada do evento e pudemos notar a união dos blocos, que interagiram com o público. O objetivo foi alcançado com o público curtindo o evento em família e entre amigos”, salienta.

 

100 Juízo fez apresentações extras no Carnaval

 

O bloco carnavalesco 100 Juízo realizou apresentações extras fora da programação oficial do evento como forma de engajar turistas e comunidade no clima de folia familiar.


Na tarde de sexta-feira (1°), integrantes da bateria tocaram nas escolas de educação infantil Paulina Benetti, Pintando o Se7e e Espaço Crescer. 

Na tarde de domingo (3), o 100 Juízo fez uma parceria com o Rasen Platz e levou sua bateria para tocar na rua Coberta.


Com irreverência e afinação, os comandados do mestre Éder Mapelli reuniram uma pequena multidão no Centro de Gramado. O bloco também fez apresentação extra no Hard Rock Café Gramado na noite de segunda-feira (4). Um grande número de turistas parou para assistir a performance.